Futuro Negro

FUTURO NEGRO

Corpo multilado

Em muitas vidas gasto

No abuso delinquente

Espíritos decadentes

por atos inconsequentes

Contra a própria existência

Yeah!

Sinta o gosto do medo

Do futuro negro!

Almas envenenadas

No esgoto de lágrimas

De erros do passado

O sangue não corre mais

Não dá pra voltar atrás

Em fúria o mundo jaz

Não espere o amanhã

Não espere pelo fim

Não há mais tempo para indiferença

Não há mais tempo para negligência 

Dias de terror

Gritos de horror

Choro e ranger de dentes

Não faltaram avisos

Encare o abismo

E os fantasmas do remorço

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS